No dia 18 de dezembro, aconteceu, em Bagé-RS, a primeira edição do evento “Nada sobre nós sem nós”, promovida pelo grupo INCLUSIVE, por meio do Programa Tertúlias Pedagógicas Inclusivas no Pampa, da Universidade Federal do Pampa.

O evento discutiu acessibilidade, inclusão, diversidade e, principalmente, o protagonismo e participação da pessoa com deficiência, garantindo o seu lugar de fala.

Uma das palestrantes do “Nada sobre nós sem nós”, foi a tradutora de Libras, Nádia Porto, 35 anos, que se descobriu autista em 2017, após participar do CONLUBRA – Congresso Luso-Brasileiro deTEA e Educação Inclusiva e se identificar com algumas falas de profissionais que abordaram as características do autismo.

Então, Nádia buscou ajuda profissional e foi diagnosticada com Asperger. A partir daí, um mundo novo se abriu.

Para conhecer essa bela e inspiradora história, a Saber Incluir participou do evento e gravou o depoimento dela. Dê o play e participe dessa jornada.

Texto: Fernanda Mendonça

Vídeo: Daniel C. Porto

GOSTOU? Compartilhe com seus amigos

Faça parte da próxima turma

Chat

Deixe seu comentário

comentários

https://pay.hotmart.com/S6134333V?checkoutMode=2

Deixe seu comentário

comentários